30.1.12

Vendem-se estrelas


Vendem-se estrelas pra acender o céu daquele que chora de noite.
Vendem-se estrelas que iluminam olhares e incendeiam almas.

Vendem-se estrelas pra eternizar o casal que embaixo de um céu faz pedidos, que lê poesia, que namora.

Vendem-se estrelas que trazem doces recordações da infância.
Vendem-se estrelas que mandam pra bem longe o medo da gente.


Vendem-se estrelas que vêm com sonhos de brinde.

por Cris Carvalho

3 comentários:

  1. Suas palavras inspiram e sensibilizam!
    Seguindo com prazer.
    Beijinhos,
    Analine

    sinfoniasdaalma.blogspot.com

    ResponderExcluir

'Que seja doce o que vier. Pra você, pra mim.'