14.3.12

pedacinho de amor


Para Noemyr Gonçalves,

Ela era uma menina quase azul. De poses delicadas, gestos calmos, quase que meditados. Seus olhos carregavam a doçura das poesias que ela costumava ler de dia. Suas mãos espalhavam sementes de esperança e pedacinhos de amor.

À noite, como de costume, costurava uma estrela no céu dos seus pensamentos. Para espantar as nuvens que tentavam se achegar e escurecer o que ia dentro.

Com palavras bonitas ela fazia um rosário e dividia com quem ela queria bem. E se esquecia dos traumas, das quedas, da falta de voo no momento exato.

Ela carregava no bolso pó de sim. Brincava de tingir sentimentos. Bordava finais felizes em cima de histórias que ainda não terminaram. Dormia e acordava rodeada de estrelas. E anjos da guarda, que a guiavam pelo caminho bonito e todo enfeitado de Deus.

A menina, com suas mãos de fada e alma de aquarela, vivia num faz de conta que não era faz de conta coisíssima nenhuma. Era tudo verdade e mais um pouco. Porque ela acreditava que o mundo que ela sonhava morava do lado de dentro, bastava fechar os olhos e ativar o botão da vontade.

Ela, a menina quase azul, artista principal no palco da Dona Vida.
E sim, ela é bonita, é bonita e é bonita.

Cris Carvalho

6 comentários:

  1. Aaaaaaaaaaaah meu Deus!!!!
    Que surpresa maravilhosa me encontrar aqui :)
    Nossa, muito, muito obrigada MESMO.
    Cris, vc é uma pessoa linda que sabe como levar sorrisos as pessoas, sabe como levar LUZ :)
    Muito grata por tantas palavras bonitas e doces!
    Bom saber que me enxerga assim, cheia de delicadezas.
    Nossa, fiquei tão feliz com esse gesto ENORME que nem sei como expressar minha gratidão!
    Vc me descreveu de um jeito tão bonito que eu só tenho mesmo é que AGRADECER e mandar mentalmente coisas boas para você... Envio a você boas vibrações e o desejo de uma vida sempre risonha!
    Obrigada Cris-luz, por dividir um pouco dessa doçura e por usá-la para falar de mim :)
    TÃO BOM me encontrar aqui no dia da poesia.
    Linda, linda vc moça.
    UM ABRAÇO ENORME!
    Bons ventos e muitas estrelinhas no seu céu!
    Beijo, beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
  2. Lindo e verdadeiro. Nem sei quem é mais inspirada u inspiradora! bjs pras duas!

    ResponderExcluir
  3. Cris, me fez lembrar meu poema predileto da Clarice... "faz de conta que ela era uma princesa azul... "
    .... e mesmo sem te conhecer, me senti descrita...

    Quanta alma no seu verso! Lindo teu blog!
    Linda tua poesia!!!

    beijo

    ResponderExcluir
  4. Não participo de nenhum blog, mas adoro o costurando estrelas, achei linda a poesia que escreveu. Linda mesmo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradeço pelo carinho. Beijocas iluminadas!

      Excluir

'Que seja doce o que vier. Pra você, pra mim.'