30.7.12

a vida da gente


Engraçada essa vida que leva pra longe quem a gente acha que ama e traz pra perto quem a gente nunca imaginou que ia gostar. E acaba amando. E acaba escrevendo uma história toda linda, feito novela de televisão.

E porque a vida gosta de pregar peças na gente, um dia ela trouxe um amor na minha porta. Justo pra mim, que nunca tinha feito planos. Justo pra mim, que achava que individualidade era tudo. Aprendi a me dividir. Justo eu que nunca me vi entrando de branco numa igreja, mulher petrificada que eu era. Agora mãe. Agora de aliança no dedo.

E porque a vida gosta mesmo é de pregar peças na gente, aquela minha amiga que sempre sonhou com marido, casa e criança, agora vive só. Sem ninguém pra segurar a mão no final do dia. Ninguém pra ir ao cinema, ninguém pra dividir a cama. Nas escondidas, minha amiga chora. Sonhadora que ainda é.

Mas a vida, apesar de pregar peças e sustos, é mágica do começo ao fim. E tudo o que ela quer é esfregar na cara da gente que aquele que se acha independente e de nariz empinado, precisa de um colo mais do que ele possa imaginar. Fazendo com que essa pessoa se sinta completa e realizada de um jeito que ela nunca conseguiria sozinha.

Enquanto à outra, a amiga sonhadora que espera o príncipe, a vida mostra que ninguém é tão sozinho assim como pensa. E que sozinha, essa pessoa aprenda a se amar mais e se amando mais, ela consiga relacionamentos melhores e verdadeiros.

Porque tudo nessa vida, minha gente, é escada pro que é divino. Em tudo tem as mãos de Deus que fiam, noite e dia, as linhas dos nossos destinos para que tudo tenha uma explicação lá no fim. Tem sim.


Cris Carvalho - agora mãe do Davi.

8 comentários:

  1. É engraçado mesmo. Eu também tinha fórmulas matemáticas na minha cabeça de como era tudo, e de como eu seria. Veio a vida e me trouxe pessoas que transformaram todas as respostas em perguntas de novo, sofri. Sofri por ter me iludido de tal maneira, que mesmo a vida me mostrando o contrário, já não sabia quem eu era, e nem onde queria chegar com tantas novas informações. Mas nada é em vão e eu aprendi. Não tenho mais uma pessoa especial, estou sozinha de novo, mas completamente diferente daquela outra. Carrego manchas e costuras no peito que me tornaram melhor e mais sabida. Tenho um monte de sonhos no bolso, e agora minha missão é realizá-los, se aparecerem novas pessoas, é lucro. (:

    ResponderExcluir
  2. Foi por isso que deu uma sumida do blog? Hahaha. Parabéns, que ele herde a sua luz =]

    ResponderExcluir
  3. Que coisa linda, tão lindo ver a vida sendo explicada assim, de forma leve.

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo, leve e risonho Cris, assim como você!
    Parabéns mais uma vez pelo bebê :)
    É sempre bom quando recebo as atualizações do blog em meu e-mail =D
    Este texto em especial mexeu muito comigo.
    Me identifiquei muitíssimo e acho que todo mundo deveria ler.
    Vou mandar por e-mail para algumas pessoas queridas.
    Grata por compartilhar sua LUZ (sem fim!)
    Beijocas :*

    ResponderExcluir
  5. "Porque tudo nessa vida, minha gente, é escada pro que é divino. Em tudo tem as mãos de Deus que fiam, noite e dia..."

    Feliz por você! Feliz com o que pode nos acontecer se permitirmos que Deus seja nosso comandante de amor.

    Amo você:*

    ResponderExcluir
  6. Cris,
    teu blog é lindo também.
    Adorei a tua visita no meu cantinho.
    bjs.

    ResponderExcluir
  7. Mais que coisa. Sempre sonhei com um dia que viria com sol, lindo amanhecer, e sairia pelo campo correndo, feito cavalo brabo. A vida também gosta de dizer: "ei, seu coió", e me mostrou o quanto sou covarde. Me pregou uma peça. Jogo sujo ou limpo, me acovardei. E não tive como. O sonho não sei se se foi. Graças a ti, Cris Carvalo, mãe de Davi, tenho certeza que a vida ainda voltará e trará em uma cartinha um lindo sol amanhecido. Abraços e boa sorte!

    ResponderExcluir
  8. Cris, que texto mais lindo de se ler... eu me identifiquei com esses escritos. A Noeh havia me mostrado este texto e me encantei desde o primeiro momento.

    A mãe do Davi é linda!!!

    ResponderExcluir

'Que seja doce o que vier. Pra você, pra mim.'