15.8.12

é bonita!



Ela fez brotar alegria num canto qualquer da sala. Fez festa bonita com seus discos antigos, entre eles Mutantes, Bethânia e Hendrix. Fez do sofá o palco e cantou pra tirar sorriso da Mariana, o que demorou um tanto, porque a pequena acabara de se ferir, caindo da bicicleta.

Mais tarde, distribui sorrisos a toda vizinhança, compartilhou sonhos com a menina da esquina. Fez uma máscara da mulher maravilha com um papelão (até que ficou bem ajeitada, mesmo não possuindo grandes habilidades com as mãos). Fez batuque com a tampa da panela e pintou a cara de batom.

Depois pescou boas lembranças enquanto preparava o jantar. Chegou-se até ela uma música que a avó materna costumava cantar quando menina. Bons tempos são aqueles que vivem se repetindo dentro da gente. Pois é, tempo bom e que não morre nunca.

Então sorriu ao ver que o pai ainda se entretinha com o Chaves. Glorificou o santíssimo por saber a família ali, sempre por perto. Mariana brincando no tapete da sala, a mãe fazendo crochê. E as mãos amigas, sempre estendidas na hora certa, mesmo que de longe.

Pensou nas possibilidades que tinha pela frente. Pensou nos sins e seus sabores.
 E achou que sua vida, assim olhando, parecia até samba bonito composto pelas mãos de Cartola.

Cris Carvalho do blog Chão de Estrelas, 16/02/2010
Seção de Achados e Perdidos

4 comentários:

  1. Amo vir aqui.

    Saudades desse chão de estrelas.

    Beijos, Cris. **

    ResponderExcluir

  2. Vim cá, lê o seu blogue. Eu, tenho um. Muito simples, sem cores e sem nuances. Estou lhe convidando a visitar-me, e se possível, Seguirmos juntos por eles. Estarei lhe esperando lá, afinal o que importa é a Amizade que fazemos e as publicações que expomos.
    Eu te Convido a vir aqui



    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir

'Que seja doce o que vier. Pra você, pra mim.'